ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Brasil bate recorde mundial com mostruário de frutas de 18,8 toneladas

28/07/2016



A produção agropecuária brasileira obteve mais uma conquista nesta quinta-feira (28/7), ao expor na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), o maior mostruário de frutas do mundo, com 18,8 toneladas, em uma mesa de 240 metros de comprimento. Em homenagem ao Dia do Agricultor, a ação foi registrada in loco por representantes do Guinness World Records, em evento organizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A mesa exibiu a diversidade da produção agropecuária do país e a qualidade dos produtos de um setor que representa 22% do Produto Interno Bruto (PIB), 32,7% dos empregos e 46% das exportações brasileiras.

Para confirmar o recorde mundial, os representantes do Guinness Natália Ramirez e Raquel Assis aferiram, durante toda a madrugada, o trabalho de montagem da mesa. Elas chegaram à Esplanada por volta das 2h e o trabalho foi acompanhado por técnicos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), na conferência do peso e a qualidade sanitária das frutas. Na mesa, tinha banana, maçã, laranja, melancia, manga, uva, melão, morango, carambola, caju, abacate, abacaxi, entre outras frutas vindas de todas as regiões do país. 

Verificados todos os critérios exigidos para a certificação, o recorde mundial foi anunciado pela manhã, na presença de presidentes de federações de agricultura e pecuária e autoridades do governo. “Isso representa a grandeza e a diversidade da agropecuária brasileira. Somos um grande produtor mundial de frutas e quisemos mostrar à população a qualidade e a segurança dos nossos alimentos. O recorde é uma vitória dos produtores rurais de todo o Brasil”, destacou o presidente da CNA, João Martins. 

Com o feito, o Brasil supera o recorde estabelecido na Índia, que durava pouco mais de um ano, quando foram arrecadadas 9,3 toneladas de frutas. “Foi uma forma de mostrar quem somos, o que fazemos e o que produzimos”, completou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG) e vice-presidente executivo da CNA, Roberto Simões. “Além de homenagear o agricultor, que bate recordes todos os dias, mostramos à sociedade e ao mundo o trabalho de quem levanta cedo todos os dias”, afirmou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG) e vice-presidente diretor da CNA, José Mário Schreiner.

Para o secretário de Política Agrícola do Mapa, Neri Geller, o recorde ajuda a confirmar as projeções de que o Brasil deve se tornar o maior produtor de alimentos do mundo. “Caminhamos a passos largos para aumentar nossa competitividade e produtividade e recuperar a economia”, frisou. Na avaliação do secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), Caio Rocha, o recorde é um estímulo para o Brasil investir ainda mais em pesquisa e tecnologia para continuar produzindo com segurança.



Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109 1419

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!