ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

quinta-feira, 19 de maio de 2016

18/05/2016 - Luiz Borges Júnior é homenageado na abertura do III Seminário Internacional da Fruticultura

Durante a abertura do III Seminário Internacional de Fruticultura em Vacaria, Pierre Nicolas Pérès, Presidente ABPM, apresentou homenagem ao Dr. Luiz Borges Júnior. A esposa, Luiza Madalena Borges, acompanhada da filha, Ana Maria Borges,  receberam o “Reconhecimento e a Gratidão” prestados a ele pelo Setor, conforme segue:

LUIZ BORGES JÚNIOR... Uma despedida, um legado...

Perdemos um dos nossos maiores líderes. A pomicultura brasileira manifesta gratidão pelo trabalho e exemplos deixados, fonte de inspiração ao Setor.

É impossível mensurar a importância do Dr. Luiz Borges Júnior para a pomicultura brasileira. Foi um dos desbravadores do Segmento da Maçã no Brasil. Como Presidente da Associação Catarinense de Fruticultores de Clima Temperado, da AFF (Associação dos Fruticultores de Fraiburgo) e da ABPM (Associação Brasileira de Produtores de Maçã) atuou nas diversas áreas de interesse dos maleicultores com dedicação intensa, coragem e fidelidade às grandes linhas que foram determinantes para que o Segmento da Maçã passasse de um status praticamente inexistente no País na década de 1960, para uma cadeia de R$ 6 bilhões nos dias atuais,  tornando o Brasil um dos principais produtores do mundo.
       

 LUIZ BORGES JÚNIOR e todo seu legado serão para sempre lembrados.

Sentiremos a falta do Líder e principalmente do Amigo Borjão. Tão ou mais intensa que a saudade será, eternamente, a gratidão a um ser humano tão evoluído e especial, por ter escolhido estar conosco e transformado para melhor a nossa história e a de milhares de vidas.

O Dr. Luiz foi Presidente da ABPM no período de 1988 até 2004 (16 anos), mas sua marcante história no Setor Maçã começou muito antes disso e em outras associações como na Associação Catarinense de Fruticultores de Clima Temperado e AFF – Associação dos Fruticultores de Fraiburgo. Ele foi o primeiro Engenheiro Agrônomo brasileiro a atuar na cultura da maçã no Brasil, ainda na década de 1960, quando aconteceram os primeiros experimentos que geraram a moderna maleicultura brasileira.

Como líder associativista,  é o grande nome histórico da pomiculura. Já no começo da década de 1970 era um defensor implacável do Setor da Maçã nos meios públicos e também privados, quando tal Segmento era um mero embrião do que é hoje, uma cadeia  que emprega 195 mil brasileiros, direta e indiretamente.

Lembramos também a presença e presidência do Dr. Luiz em outros organismos nacionais, como Instituto Brasileiro de Frutas (Ibraf) e Comissão Nacional de Fruticultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), além de conselhos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Acompanhou de perto, inclusive com treinamentos internacionais, o avanço na armazenagem em atmosfera controlada, foi diretor de empresas e consultor do Setor.

Mas se a carreira profissional do Dr. Luiz Borges Júnior é brilhante, como testemunham os frutos que por aqui estão, como ser humano, homem, cidadão, seu exemplo destacou-se ainda mais. Quem teve a sorte de conviver com o Dr. Luiz testemunhou a intensidade da fidelidade com que encarava suas batalhas. Entre seus valores sempre estiveram à honestidade, a crença no ser humano e a caridade.

Muito obrigado Dr. Luiz Borges!!!

Pierre Nicolas Pérès
Presidente ABPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!