ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Dr. Luiz Borges Júnior é homenageado pela Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Fruticultura

Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Fruticultura realizou Reunião Ordinária no dia 17/03/2016, onde em pauta estava Homenagem Póstuma ao Dr. Luiz Borges Júnior - consultor da Câmara. 


Abaixo  redação extraída da ata da reunião sobre as homenagens realizadas e depoimentos de amigos, membros da câmara e parceiros da fruticultura.

"[...]Homenagem póstuma ao senhor Luiz Borges Junior - Consultor da Câmara: O Secretário da Câmara, Marconi Albuquerque, exibiu e leu artigo, em homenagem ao senhor Luíz, que muito contribui com o setor, não só durante o período que presidiu a ABPM, de 1988 até 2004, mas sua  marcante história no Segmento da Maçã começou muito antes disso e em outras  associações como na Associação Catarinense de Fruticultores de Clima Temperado e AFF - Associação dos Fruticultores de Fraiburgo.

Foi o primeiro Engenheiro Agrônomo brasileiro a atuar na cultura da maçã no Brasil, já na década de 60, quando aconteceram os primeiros  experimentos que geraram a moderna maleicultura brasileira. 

Como líder associativista é o grande nome histórico do Segmento da Maçã. Já no começo da década de 70 foi um defensor implacável do Setor da Maçã nos meios públicos e também privados, quando tal Segmento era um mero embrião do que é hoje, uma cadeia de R$ 6 bilhões e que emprega 195 mil brasileiros, direta e indiretamente.

Como Presidente da Associação Catarinense de Fruticultores de Clima Temperado, da AFF (Associação dos Fruticultores de Fraiburgo) e da ABPM (Associação Brasileira de Produtores de Maçã) atuou nas diversas áreas de interesse dos maleicultores com dedicação intensa, coragem e fidelidade a grandes linhas que foram determinantes para que o Segmento da Maçã passasse de um status praticamente inexistente no País na década de 60, para uma cadeia de R$ 6 bilhões nos dias atuais, e que emprega direta e indiretamente quase duas centenas de milhares brasileiros, tornando o Brasil um dos principais produtores do mundo. 

Eduardo Brandão, referendou as palavras do Secretário da Câmara, e esclareceu que o Consultor foi o percursor da Comissão da Fruticultura da CNA, inclusive presidindo-a, dando assim início à valorização da fruticultura diante da Confederação, e foi responsável por avanços nas questões relativas à exportação de frutas. 

Ivan Pinto, Instituto da Fruta do Vale do São Francisco, agradeceu pela inspiração, pela ética, e pela defesa técnica e carismática da trajetória do senhor Luís Borges, as quais o motivaram e motivam. Foi citado o papel desempenhado pelo Consultor da Câmara, como ponte entre os atores da cadeia, e sua relevância para os estudantes da área.

Cezar Wilson Martins, da SINDICAJU, registrou a dedicação, profissionalismo e responsabilidade característicos do senhor Luiz Borges. Comentou que, mesmo quando a reunião já havia terminado, ele percorria vários departamentos, representando e levando as demandas do setor. 

Domingo Haroldo, da EMBRAPA, corroborou os comentários dos outros membros, em seguida, comentou as várias parcerias que sua entidade desenvolveu com o homenageado. O Secretario propôs moção oficial, por parte da Câmara e da Comissão de Fruticultura da CNA, prestando homenagem e agradecimento pelo legado do Consultor, a ser encaminhada à sua família. [...]"

Fonte: Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Fruticultura - Relator Diego Souza, Assessor
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!