ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Cydia pomonella: produtores alertam Mapa para evitar entrada da praga no País

Publicado em 08/12/2015 por Lucas Rivas - Agrolink

O Ministério da Agricultura ao lado da Secretaria da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina está atento aos impactos e riscos fitossanitários que podem ocorrer, caso seja permitida a entrada de maçãs e peras da China no Brasil. 

Em nome dos produtores, o executivo da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM), Moisés Lopes de Albuquerque, alerta que o País deve estar atento para evitar a reintrodução da Cydia pomonella, também conhecida como traça ou mariposa-das-maçãs, nos pomares do país.

Há mais de um ano, o Ministério da Agricultura declarou que o Brasil está livre da praga, um feito inédito no mundo. Para manter o status e garantir a segurança dos pomares, os produtores pedem que o país estabeleça requisitos fitossanitários rígidos para importação de frutas hospedeiras da traça da maçã. Por isso, os fruticultores catarinenses manifestaram preocupação com a possível importação das frutas asiáticas. Nesta terça-feira (08.12), uma audiência com representantes do setor será realizada para discutir o tema em Brasília.

Além disso, a importação de frutas da China pode representar grandes prejuízos para os fruticultores catarinenses. Atualmente, a China responde por quase metade da produção mundial de maçã e por 70% da produção mundial de pera. A produção chinesa é 31 vezes maior do que a brasileira. Devido à grande quantidade produzida e aos subsídios do governo chinês, a maçã chinesa chegaria ao mercado brasileiro com um preço menor do que o custo de produção em Santa Catarina.

Cydia pomonella 
A mariposa-das-maçãs (Cydia pomonella) é família dos oletreutídeos, de origem europeia, cujas larvas fazem túneis em frutos. A praga adulta tem asas anteriores cinzentas, com linhas transversais pardas e uma grande mancha marrom acobreada na porção apical das asas. São hospedeiros primários da praga a maçã, a pera, o marmelo e a noz europeia. E são considerados hospedeiros secundários as frutas de caroço, como pêssego, ameixa, damasco, cereja e nectarina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!