ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Pesquisa revela que brasileiros comem muita carne e pouca salada

Brasileiros estão comendo bem melhor, mas ainda está longe do ideal. Apenas um em cada quatro consome quantidade ideal de frutas e verduras.

Uma pesquisa do Ministério da Saúde revela que o cardápio dos brasileiros ainda tem muita carne gordurosa e pouca salada. Apenas um em cada quatro brasileiros consome a quantidade ideal de frutas e verduras.
O brasileiro está comendo melhor, mas ainda está longe do ideal. O Ministério da Saúde faz uma pesquisa por telefone em todo o país, há oito anos. Os novos dados, do ano de 2014, mostram que alguns hábitos ruins estão diminuindo, mas só 24% da população consome a quantidade de frutas, verduras e legumes recomendada pela Organização Mundial da Saúde.
Um sandubão assim de encher os olhos e fazer a boca salivar é difícil de resistir, ainda mais quando a vida da gente é corrida. “No meio da semana, na correria, vai no fast food. Mas a gente acaba não percebendo, não se tocando dessas coisas, e vai vivendo. A gente acaba tendo noção depois que dá as consequências”, afirma o designer gráfico Joel Viana.
O cardápio nem sempre fica do jeito que os nutricionistas gostam e o corpo precisa. “Batata frita, que eu gosto, de vez em quando. Não é muito saudável, mas é só de vez em quando”, afirma a dona de casa Jeane Gabriela dos Santos.
Os últimos dados da Vigitel, uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde para a prevenção de doenças crônicas revelou alguns pecados que a gente comete na hora das refeições.
Por exemplo, comer carne com excesso de gordura. Em 2009, era o hábito de quase 33% dos brasileiros. Em 2014, de 29%. Mesmo diminuindo, o índice é alto, especialmente entre os homens. O consumo deles é quase o dobro do das mulheres.
Beber refrigerante todo dia é outro problema que está melhorando: um hábito que caiu 20% nos últimos seis anos.
“Difícil eu tomar refrigerante durante a semana, raramente”, conta o estudante Matheus Henrique Reis Rocha.
Mas e na hora de encher o pratão com aquela salada bonita? “Eu odeio tomate”, brinca o estudante Renan Alex.
De acordo com a pesquisa, apenas um quarto da população brasileira consome a quantidade de hortaliças e frutas recomendada pela OMS. O ideal é que cada pessoa coma cerca de 400 gramas desses alimentos por dia. Isso é o equivalente, aproximadamente, a cinco ou mais porções.
A presidente da Associação Brasileira de Nutrição explica como: “Basicamente o que seria prático? No mínimo três porções de frutas e duas das verduras, que inclui também os legumes e as folhas. Então uma fruta no café da manhã, uma no almoço, uma na janta e os vegetais no almoço e no jantar”, ressalta Luciana Coppini.
O melhor é variar bastante e evitar muita comida processada, preferir tudo mais natural. Uma coisa bacana é que o brasileiro continua fã do feijão. Em oito anos de pesquisa, a quantidade de pessoas que disseram comer feijão pelo menos cinco vezes na semana se manteve praticamente a mesma, e os homens gostam ainda mais do que as mulheres.
“Como todos os dias, no almoço e no jantar”, conta o garçom Cícero Ribeiro.
O Ministério da Saúde lançou a segunda edição do livro ‘Alimentos Regionais Brasileiros’. Tem sugestão de uma porção de frutas, legumes e verduras, divididos por região do país, além do valor nutricional e de algumas curiosidades sobre os alimentos, também tem muitas receitas saudáveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!