ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Epagri realiza avaliação com novas cultivares de maçã

Engenheiros agrônomos da Epagri apresentaram nesta segunda-feira, 23, o resultado de uma avaliação de novas cultivares de maçã. O encontro aconteceu na cidade de Monte Castelo, com a presença de 39 produtores da região. Os testes de aparência e sabor foram além do esperado, mas por enquanto o estudo é apenas preliminar.

Segundo os engenheiros agrônomos Marcus Vinícius Kvitschal e Frederico Denardi, para este estudo foram apresentadas seleções do Programa de Melhoramento de Baixo Requerimento de Frio da Epagri . O estudo foi realizado em Papanduva e Monte Castelo e tem o objetivo de oferecer novas cultivares com pouco requerimento de frio e alta resistência contra a doença mais comum na região, que é a Mancha Folhar.

“Este estudo tem dupla estratégia, ou seja, não concorrer com a colheita de maçãs em Fraiburgo e também oferecer aos consumidores frutas frescas em todo o mês de janeiro”, afirmou Frederico.

De acordo com Marcus, na região a cultivar Eva é o carro chefe. Além desta, também são plantadas a Castel Gala e a Monalisa, porém em menor escala.

“Fomos até o Planalto Norte para buscar a opinião dos produtores sobre aparência e sabor dos frutos que foram plantados no ano de 2011, sendo que esta é a primeira safra deste experimento”.

Na degustação, das 11 seleções, oito foram escolhidas como melhor aparência da Eva, já produzida na região. Destas oito, seis foram classificadas como tendo o melhor sabor.

Estas cultivares ainda estão em fase de estudo e esta avaliação ainda é só o começo de todo um trabalho. Com isso será analisada a adaptação da cultivar ao solo da região do Planalto Norte, assim como a produtividade.

“Precisamos fazer todo este processo em cinco safras para aí chegarmos a um denominador comum e decidir se o fruto poderá ser plantado na região ou não e como será a produção assim com a aceitação no mercado”, frisou Frederico afirmando que os resultados foram bastante satisfatórios.

O objetivo principal é ter mais opções de cultivares de maçã para o Planalto Norte, com colheita prevista para janeiro, um mês antes da época tradicional que é fevereiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!