ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Pierre Nicolas Pérès Discursa na Abertura do Seminário de Resistência a Patógenos da Macieira aos Fungicidas - Vacaria, 02/07/2013

Pierre Nicolas Pérès
Presidente ABPM
Como associação nosso dever é incentivar, apoiar, promover a pesquisa, a integração entre produtores, órgãos de pesquisas, universidades, empresas fabricantes de defensivos e MAPA,  para obtermos a melhor pesquisa, os melhores produtos, as melhores recomendações de uso. As Associações agem como catalizadoras de  grandes resultados.

Alguns dos nossos trabalhos recentes podemos citar a publicação da IN do Cancro;  os esforços para trazer biofábrica para produzir machos estéreis de mosca-das-frutas em Vacaria; a erradicação da Cydia pomonella nas áreas urbanas aonde se encontrava.

Na semana passada, 26/06, estivemos com o Dr. Antônio Eustáquio Andrade Ferreira, Ministro da Agricultura,   e com o  Dr. Neri Geller,  Secretário de Política Agrícola,  reforçando o pedido para investir numa biofábrica em Vacaria; pedimos a liberação de verba para monitoramento da Cydia a partir de setembro e, enfatizamos o quanto é difícil registrar novas moléculas no Brasil. Enfatizamos que a agricultura precisa avançar para poder se proteger das pragas e exportar sem risco de ser barrada por usar produtos obsoletos e proibidos em outros países.

O tema deste seminário é muito relevante. É notório que algumas pragas desenvolvam resistência muito rapidamente. Alguns produtos,  muito bons, perdem a sua eficácia rapidamente. Alertar os produtores sobre o uso dos defensivos, sobre os riscos da resistência das pragas, a interação pesquisa, produtores, empresas produtores de defensivos é essencial para poder usar estes produtos por mais tempo. - Lembro-me do caso do Acaristop que após liberado para uso tornou-se ineficaz em 2 anos por ser usado de maneira inadequada. O Stroby também foi retirado após vários anos de uso por não ser mais eficiente. Devemos nos perguntar o por que disso? O fornecedor deve ter uma participação proativa junto com a pesquisa para deixar claro a maneira mais correta do uso do produto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!