ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Geadas e neve podem prejudicar safra de maçã

Fonte: Globo Rural
http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,EMI319947-18532,00-GEADAS+E+NEVE+PODEM+PREJUDICAR+SAFRA+DE+MACA.html 


Ocorrência incomum de neve e geada nesta época do ano deixou frutos queimados nos pomares

por Viviane Taguchi
 Shutterstock
Pomares mais baixos sofrem mais com as geadas
neve e a geada que está ocorrendo desde a madrugada da última segunda-feira (24/9) em algumas cidades de Santa Catarina podem prejudicar a safra de maçãs nacional. Segundo o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de MaçãPierre Nicolás Péres, ainda é cedo para calcular quanto da safra será perdida pela ocorrência incomum para esta época do ano, mas os estragos podem ser vistos nos pomares, com frutos muito queimados.

Péres diz que os pomares mais baixos são os que mais sofrem com as geadas, previstas ainda para ocorrerem até a próxima sexta-feira (28/9) em São Joaquim, o maior pólo do Estado. “Ainda vamos levar mais alguns dias para avaliar o estrago, mas estas ocorrências terão sim, um efeito negativo, sobre a safra de maçãs”, explicou.

Segundo ele, em 26 anos de atuação no setor de maçãs, os pomares catarinenses apresentaram neste ano a segunda florada mais bonita da história. “Esperávamos uma safra muito boa e estamos vindo de anos ruins. Esta geada realmente nos surpreendeu”, diz.

O executivo conta que os produtores de maçã de Santa Catarina vem passando por dificuldades e um endividamento que chega a R$ 600 milhões. As seis últimas safras foram fortemente atingidas por ocorrência de granizo e somente em fevereiro deste ano, o governo instituiu o programa Juro Zero Agrícola para facilitar o investimento em instalações de coberturas para os pomares da fruta e subsídios de metade do que os produtores pagam pelo seguro agrícola. Tudo vai vigorar na safra 2013. Atualmente, o Governo Federal subsidia 60% dos custos. Em 2013, os 40% restantes serão divididos entre o Estado e os produtores.

O país colheu, na última safra, aproximadamente 1,4 milhão de toneladas de maçã e 70% deste montante vem de Santa Catarina. Em 2011, foram exportadas 48 mil toneladas da fruta, mas outrora o país já vendeu 153 mil toneladas para outros países.

A Associação dos Produtores de Maçã deve divulgar na semana que vem os números da avaliação feita no campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!