ABPM NA INTERNET:

Conecte-se à ABPM:

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Destaque para Cultura da Maçã no 10º Senafrut

Produtores, pesquisadores, engenheiros agrônomos, técnicos, empresários, estudantes e autoridades participaram nesta terça-feira (26), em São Joaquim, da abertura do 10º Senafrut – Seminário Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado. O seminário segue até quinta-feira (28), com a apresentação de palestras técnicas sobre temas voltados principalmente para a cultura da maçã. O evento, promovido pela Epagri – Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina e entidades parceiras, conta com apoio do Governo do Estado, através das Secretarias de Estado da Agricultura e Regional de São Joaquim.
As palestras serão conduzidas por 20 especialistas na área de fruticultura de clima temperado, sendo dois estrangeiros. Além da cultura da maçã, também serão abordados assuntos relacionados à apicultura, fruteiras alternativas e processamento de frutas. A programação prevê ainda a realização de dois minicursos na quinta-feira (28), voltados para a cultura da pêra e sub-produtos da uva. Paralelo à parte técnica, haverá a apresentação de pôsteres com de mais de 200 trabalhos de pesquisa em fruticultura e exposição de máquinas e produtos voltados ao Agronegócio da Fruticultura, no Pavilhão de Exposições do Parque Nacional da Maçã.
Para o coordenador do 10º Senafrut, o engenheiro agrônomo Gilberto Nava, o seminário é um fórum de apresentação e discussão de novas tecnologias para a fruticultura, em especial, a cultura da maçã. “A cultura da maçã viabiliza um grande número de pequenas propriedades rurais. A manutenção da renda dessas propriedades depende cada vez mais de tecnologias que busquem a redução de custos, aumento da produção e redução de impactos ambientais. O setor exige qualificação e para isso se torna imperativo essa troca de informações e difusão de tecnologias”, afirmou.
O presidente da Epagri, Luiz Hessmann, destacou que são eventos como o Senafrut que oportunizam ao produtor rural o acesso às novas técnicas de produção, garantindo condições para que o agricultor permaneça no campo. Em sua fala, a secretária Regional, Solange Pagani, afirmou a importância da pesquisa para o setor agrícola. “Temos essa comprovação na fruticultura e mais recentemente na vitivinicultura. É ao empenho de brilhantes pesquisadores que devemos a alta qualidade de nossas maçãs e também a descoberta do potencial que temos para produzir vinho de altitude de qualidade inigualável”, afirmou.
O evento contou ainda com a presença do secretário Adjunto da Agricultura, Airton Spies, que na ocasião destacou que o Governo do Estado quer garantir sustentabilidade ao setor da fruticultura. “Neste sentido, foram pensados e colocados em ação programas de apoio como o do subsídio do seguro da maçã”, afirmou.
O 10º Senafrut é promovido pela EPAGRI, através da Gerência Regional de São Joaquim e Estação Experimenta; Associação dos Engenheiros Agrônomos da Serra Catarinense – ASSEA; Associação de Produtores de Maçã e Pera de Santa Catarina – AMAP; Prefeitura Municipal e Governo do Estado, através das secretarias de Desenvolvimento Regional de São Joaquim e da Agricultura e Política Rural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, estamos aguardando a sua participação. Obrigada!